05 de junho de 2021

Elimine a cicatriz de cesárea com a abdominoplastia

No centro da imagem está o torso de uma mulher bronzeada. Ela está virada para a frente, com as mãos na cintura e a barriga, onde há estrias e uma cicatriz de cesárea, exposta. Ela usa um top caramelo e um short preto, e o fundo da imagem é cinza.

A maternidade é um dos marcos mais lindos na vida de uma mulher, mas as cicatrizes, a flacidez e a gordura podem abalar a autoestima das novas mamães. Mas a boa notícia é que todos esses problemas podem ser corrigidos por meio da abdominoplastia.

Essa cirurgia redefine os contornos, remove a gordura localizada, diminui a flacidez e corrige as cicatrizes abdominais, como a cesárea. Quer saber mais? Então veja neste artigo todos os detalhes do procedimento.

É possível fazer abdominoplastia após cesárea?

As mulheres que recorrem às cirurgias plásticas depois da maternidade buscam, principalmente, recuperar a autoestima. Entre as principais queixas das mamães estão a dificuldade de alcançar a forma física desejada apenas com exercícios e alimentação, além do estigma que a cicatriz da cesariana deixa em algumas pacientes.

Mas tudo isso pode ser resolvido com a abdominoplastia! Esse procedimento pode ser feito após a cesárea – respeitando algumas recomendações – para combater a flacidez abdominal e melhorar esteticamente a silhueta das mulheres, deixando-as mais cinturadas.

Conheça a abdominoplastia

A gestação, assim como a oscilação de peso e o envelhecimento, resultam na flacidez abdominal, principal ponto corrigido pela cirurgia plástica. A abdominoplastia também melhora estrias, diástase (afastamento dos músculos) e fraqueza na musculatura do abdômen, já que pode ser feita a estabilização da parede abdominal. Para as mães, o procedimento elimina a cicatriz da cesárea e deixa marcas mínimas, que ficam escondidas na linha do biquíni!

É importante salientar que a abdominoplastia não tem a proposta do emagrecimento. Seu objetivo é tratar a flacidez e melhorar esteticamente a silhueta abdominal, deixando os contornos bem definidos.

Cirurgia elimina a cicatriz de cesárea

Na cirurgia é utilizada a anestesia peridural ou raqui com sedação intravenosa e, após a higienização do local, as incisões são feitas. Depois, o tecido é levantado para expor os músculos abdominais e para a costura daqueles que estiverem distendidos, deixando-os mais rígidos. A pele então é reposicionada para cobrir a cicatriz da cesárea.

Por fim, para solucionar o problema da flacidez, a remoção da pele e da gordura excedentes é feita, são colocados os drenos e finalizadas as suturas e os curativos. O último passo é colocar a cinta compressora na paciente.

Abdominoplastia não é feita junto com o parto

Ao longo da gravidez e no período pós-parto, o organismo da mulher passa por uma série de alterações físicas e hormonais. O corpo precisa voltar às condições normais, ou o mais próximo possível, e por isso os médicos recomendam que a abdominoplastia só seja feita, pelo menos, seis meses após o parto, se a paciente não estiver amamentando.

O resultado da cirurgia pode ser comprometido caso não seja respeitado o prazo correto. Isso acontece pois os tecidos podem estar inchados e, assim, o cirurgião plástico perde o parâmetro anatômico. Portanto, o procedimento só deve ser feito com a mulher no peso ideal ou próximo disso

Entenda os cuidados pré e pós-operatórios

Antes de mais nada, é preciso destacar que a cirurgia é contraindicada para mulheres que desejam engravidar novamente, pois uma gestação futura compromete o resultado da abdominoplastia. Se novas gestações estiverem nos planos, o mais recomendo é postergar o procedimento.

Como qualquer cirurgia, essa também requer uma série de exames pré-operatórios para avaliar as condições de saúde da paciente. No caso específico de quem acabou de passar pelo parto, é importante lembrar ainda que haverá uma série de recomendações e restrições durante o pós-operatório, que vão limitar os cuidados com o bebê.

O período de recuperação costuma ser de um mês e deve ser respeitado a risca. Nas primeiras semanas depois da abdominoplastia, a paciente não pode levantar e carregar peso, nem movimentar muito os braços ou realizar movimentos intensos; ela precisa de muita ajuda para realizar suas atividades básicas do cotidiano.  Assim, o melhor é ter alguém de confiança que possa auxiliar no início do pós-operatório.

Qual o valor da abdominoplastia?

Não é possível determinar o valor da cirurgia estética de abdominoplastia sem, antes, consultar um médico especialista. Nesse primeiro momento, ele irá avaliar as condições gerais de cada pessoa e estabelecer as necessidades e objetivos do procedimento. Logo, a avaliação com um profissional qualificado também se faz essencial para que o paciente tenha os melhores resultados.

Vamos realizar o seu sonho?

Clique no botão abaixo e deixe a gente cuidar da sua autoestima.

Open chat