Ritidoplastia (Lifiting Facial)

Mesmo aquelas pessoas que cuidam constantemente da pele através de cremes e tratamentos estéticos sabem que o tempo age sobre ela. Para quem busca por meios de rejuvenescer a pele do rosto, a ritidoplastia pode ser uma opção. Através dela, é possível atenuar a flacidez, as rugas e os excessos de pele e gordura da face, deixando-a mais jovem e bonita.

O que é a ritidoplastia?

A ritidoplastia é um tipo de lifting facial que se alia à cirurgia estética. Através deste procedimento, a pele da face é reposicionada, conseguindo-se reduzir a flacidez, as rugas e o excesso de gordura e de pele do rosto e do pescoço dos pacientes, proporcionando uma aparência mais jovem.

Como é feita a ritidoplastia?

De forma geral, o procedimento tem início com uma anestesia, que pode ser local com sedação ou geral. São feitas, então, incisões por dentro do couro cabeludo, de uma orelha à outra. Em seguida, é feita a remoção dos excessos de músculos, que podem ser os causadores de rugas na região da testa. O cirurgião faz o deslocamento da pele do rosto e pescoço, de acordo com as necessidades do paciente. Nesse momento, são alteradas as estruturas musculares mais profundas da região, com a finalidade de trazer mais naturalidade ao rosto. Na sequência, a pele é esticada e os excessos são retirados. Por último, quando necessário, é feita a alteração das pálpebras bem como a lipoaspiração da região do pescoço, a fim de tratar a flacidez da região. Como é uma cirurgia com passos delicados, não se deve ter pressa no procedimento, que pode durar de 4 a 5 horas, dependendo de quais procedimentos forem associados à ritidoplastia. Depois da operação, é colocado um curativo em forma de capacete no paciente, que deve permanecer lá por 24 horas, quando é trocado por outro, mais fino do que o primeiro.

Como ficarão as cicatrizes?

Como todas as cirurgias, a ritidoplastia também deixa cicatrizes. Apesar de serem permanente, elas evoluem de acordo com o organismo de cada paciente, tendo uma grande tendência a irem se esmaecendo com o passar do tempo. Enquanto esse processo ocorre, alguns recursos podem ser utilizados para disfarçá-las, como a maquiagem e até mesmo alguns penteados.

Como é o pós-operatório?

No pós-operatório, uma série de cuidados serão necessários. Entre eles estão o repouso e a limitação das atividades físicas – devendo se evitar movimentos bruscos e amplos –, deve-se deitar sempre com a barriga para cima e com o tronco elevado, os banhos só devem molhar a cabeça quando houver a autorização médica, não se deve dirigir pelo período de 2 semanas, todas as trocas de curativos devem ser feitas pela equipe médica ou orientada por ela. Além disso, o retorno às atividades físicas habituais, bem como aos banhos de sol, só poderá ser feito 1 mês após o procedimento. Sempre é valido salientar que todos os cuidados pós-operatórios serão indicados pelo seu cirurgião e devem ser seguidos de forma rigorosa. Caso contrário, poderá resultar em problemas no processo de recuperação e nos resultados finais do procedimento.

Qual o preço da ritidoplastia?

Levando em conta que cada caso possui suas especificidades, os custos do procedimento só podem ser definidos após uma avaliação prévia, quando o paciente será analisado e serão discutidas suas necessidades e objetivos.

Qual profissional eu devo buscar?

A recomendação, a fim de atenuar qualquer possível risco e obter os melhores resultados possíveis, é que sempre sejam buscados profissionais que possuam amplo conhecimento e experiência na área. Além disso, o cirurgião escolhido deve ser membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia plástica (SBCP).

Vamos realizar o seu sonho?

Clique no botão abaixo e deixe a gente cuidar da sua autoestima.

Open chat