Otoplastia

A otoplastia é uma cirurgia que tem a proposta de corrigir as alterações nas orelhas. O procedimento é normalmente indicado para pacientes que sintam incômodo com a estética da região, seja por problemas ligados à má formação de nascença, a traumas, ou outros fatores, uma vez que essa condição pode acarretar problemas emocionais e de socialização.

O que é a otoplastia?

A otoplastia é uma cirurgia plástica que corrige alterações estéticas na região das orelhas. Apesar de ser sempre associada à correção das chamadas orelhas de abano (utilização mais comum da cirurgia), o procedimento também pode corrigir as orelhas proeminentes, as orelhas constritas (fechadas em si mesmas) e as sequelas causadas por traumas na região.

Indicações da otoplastia

A cirurgia pode ser indicada para pacientes que sintam incômodo quanto à estética das orelhas devido ao seu tamanho e formato, seja por conta de má formação de nascença, devido a traumas ou por outros motivos. Assim, são levados em consideração na hora de fazer a recomendação, além do grau de condição do caso, o incômodo do paciente com a aparência estética da região, uma vez que essa situação pode gerar problemas emocionais e de socialização.

Como é feita a otoplastia?

O primeiro passo é fazer a análise clínica em uma consulta previa, para que seja feita a avaliação de cada caso e pensada a melhor forma de resolução das alterações. A escolha do hospital deve levar em conta se ele tem creditação para operar cirurgias de porte médio.

No dia da cirurgia, no primeiro momento, é feita a anestesia, que normalmente é geral ou local com sedação. Quanto ao procedimento em si, existem uma série de técnicas que podem ser utilizadas. Porém, normalmente, é iniciado com uma incisão atrás da orelha, que segue o formato da dobra natural. Na sequência, é feita a remoção do excesso de pele e é realizado o enfraquecimento da cartilagem, que a torna flexível. Pode ser feita, ainda, a remoção de cartilagem com a finalidade de diminuir o tamanho da região. A fixação dos pontos é feita na parte de trás das orelhas. Essa sutura, é que manterá a anatomia da região, normalmente, sendo internas e não precisando ser retirados (absorvíveis).  O procedimento dura, em média, 60 minutos e o tempo de internação é de 8 a 12 horas. A melhora estética já pode ser notada após a cirurgia e o resultado final pode ser visto após 12 meses.

Cuidados pós-cirúrgicos

Após o procedimento, o paciente sai com um curativo em forma de capacete formado por gazes e ataduras, devendo permanecer com ele pelo período de 24 a 48 horas, quando é retirado, no retorno ao consultório médico. Depois, por 30 dias, é feita a utilização de uma faixa que recobre as orelhas. É normal existir o desconforto e latejamento das orelhas, que pode, no entanto, ser controlado através de medicação prescrita pelo cirurgião. É indicado que se evite coçar a região operada, uma vez que esta estará inchada e sensível. Os exercícios físicos podem ser retomados com segurança um mês após a realização do procedimento.

Qual o preço da otoplastia?

Conforme norma estabelecida pelo Conselho Federal de Medicina, o valor do procedimento sempre depende das especificidades de cada caso. Desta forma, só pode ser calculado depois da primeira avaliação em consultório médico, quando o paciente será analisado e a melhor forma de fazer o procedimento estipulada.

Qual profissional eu devo buscar?

Na hora de fazer a escolha pelo profissional, a fim de atenuar as possibilidades de qualquer forma de riscos, sempre se deve optar pelos médicos que tenham grande conhecimento e experiência na área e que sejam membros da Sociedade Brasileira de Cirurgia plástica (SBCP).

Vamos realizar o seu sonho?

Clique no botão abaixo e deixe a gente cuidar da sua autoestima.

Open chat