Abdominoplastia

A abdominoplastia é um procedimento que visa combater a flacidez abdominal e melhorar esteticamente a silhueta dos pacientes, deixando-os mais cinturados. É indicado para pessoas que querem esses efeitos, sendo o melhor dos candidatos à cirurgia aquele que está no seu peso ideal, mas que possui flacidez na região abdominal e tem dificuldades de perdê-la com exercícios e alimentação correta.

O que é a abdominoplastia?

A abdominoplastia é uma cirurgia estética que combate de forma eficaz a flacidez abdominal, fenômeno que pode ser causado pela excessiva perda e ganho de peso, gestação ou até mesmo pelo envelhecimento. Além disso, ela pode fazer correções quanto a estrias abdominais (quando ligadas à flacidez), diástase (afastamento dos músculos abdominais) e fraqueza na musculatura do abdômen, já que pode ser feita a estabilização da parede abdominal. É bom salientar que este procedimento não tem a proposta do emagrecimento, mas sim de tratar a flacidez e melhorar esteticamente a silhueta abdominal, deixando os pacientes mais cinturados. 

Para quem a abdominoplastia é indicada?

O procedimento é indicado para pessoas que almejam um abdômen liso, sem flacidez ou gordurinhas. O melhor candidato para a abdominoplastia é aquele que está próximo ao seu peso ideal, mas que tem flacidez de pele na região abdominal. A cirurgia é contraindicada para mulheres que desejam engravidar futuramente, uma vez que a gestação compromete o resultado final do procedimento; para pessoas que já fizeram algum procedimento cirúrgico no abdômen, principalmente se existirem cicatrizes no local; indivíduos que tenham doenças do colágeno, doenças cardíacas, diabetes ou hipertensão e para fumantes.

Como é feito o procedimento?

Na abdominoplastia, de início, é utilizada a anestesia peridural ou raqui com sedação intravenosa. Após a higienização do local, as incisões são feitas. Normalmente, uma é feita no sentido horizontal, na região do púbis, enquanto a outra é realizada na vertical, ao redor do umbigo. O próximo passo é levantar o tecido com a finalidade de expor os músculos abdominais e costurar os que estiverem distendidos, para que se tornem mais rígidos. Na sequência, a pele erguida é reposicionada. Nesse momento o umbigo ficará escondido e, para expô-lo em sua posição original, o cirurgião faz um orifício ao seu redor. A remoção da pele e da gordura excedente é feita, a fim de resolver o problema da flacidez. Por fim, são colocados drenos, que têm a finalidade de não permitir o acúmulo de líquidos, e as suturas e curativos são feitos. O último passo é colocar a cinta compressora no paciente. O tempo de duração do procedimento varia, mas na maioria dos casos, é feito em 2 ou 3 horas.

Cicatrização da abdominoplastia

As incisões do procedimento tendem a ficar imperceptíveis com o tempo. No entanto, é importante saber que não somem totalmente. Em alguns casos, as cicatrizes se transformam apenas em linhas tênues, enquanto em outros pacientes as cicatrizes permanecerão mais visíveis. O que determina o quão visíveis permanecerão as cicatrizes são fatores próprios de cada paciente. As incisões horizontais, no entanto, são feitas em locais escondidos por biquinis, sungas ou roupas íntimas.

Quanto custa a abdominoplastia

O valor da cirurgia estética de abdominoplastia só é possível de ser determinado após uma consulta com o médico, que irá avaliar as condições gerais do paciente e estabelecer as necessidades. Por isso, a avaliação com um profissional qualificado é essencial para que o paciente tenha os melhores resultados.

Vamos realizar o seu sonho?

Clique no botão abaixo e deixe a gente cuidar da sua autoestima.

Open chat