18 de dezembro de 2020

Você conhece a cirurgia do sutiã interno?

Em um fundo branco, aparece uma o tronco e metade do rosto de uma mulher branca e jovem. Ela está segurando o seio esquerdo com as duas mãos.

Com o passar do tempo os seios começam a apresentar um aspecto caído, com aumento da flacidez e perda de sustentação. Isso pode ser causado por diferentes fatores, como a diminuição na produção de colágeno pelo corpo, grandes mudanças de peso, amamentação e vários outros. A boa notícia é que esse problema já pode ser corrigido, com a técnica do sutiã interno, que faz a estruturação do sulco da mama.

Conheça no artigo de hoje mais sobre essa técnica que firma e sustenta a borda inferior do seio e pode complementar a mamoplastia e a mastopexia.

O que é sutiã interno?

O sutiã interno é uma alternativa à tradicional mamoplastia, em que há a inserção de próteses de silicone, e também é benéfico para o busto ao natural, que não passou por procedimentos estéticos. Com uma técnica moderna, a cirurgia é realizada fazendo uma alça de sustentação com o próprio músculo da paciente, proporcionando elevação e estruturação.

Como os pontos são internos e o material utilizado é parcialmente absorvido pelo organismo, o aspecto natural e harmônico dos seios é preservado. Os resultados são o colo e o decote esteticamente mais belos e valorizados.

Mais sustentação às mamas

Entre as principais vantagens do sutiã interno estão uma sustentação extra dos seios; parte superior da mama mais marcada; e a possibilidade de uso de implantes menores, com seios marcados. O sutiã interno reforça o ponto mais fraco da mama, em toda extensão do sulco mamário inferior, ajudando também a elevar o busto.

A técnica do sutiã interno melhora a estrutura através da própria musculatura, deixando o procedimento seguro, sem risco de rejeição, e com resultado muito natural!

Sutiã interno pode ser combinado à mamoplastia e mastopexia?

O sutiã interno pode ainda ser indicado em associação às mamoplastias – de aumento e redutora – e à mastopexia, pois confere um melhor resultado estético e durabilidade aos procedimentos. No caso da colocação de silicone, o sutiã interno impede que as próteses se desloquem ou cedam. Logo, o implante não perde sua definição com o passar do tempo.

Quem pode colocar o sutiã interno?

Mulheres com flacidez ocasionada por gravidez, perda de peso ou processo de envelhecimento natural podem se beneficiar com a cirurgia de sutiã interno. O procedimento apresenta resultados ainda melhores quando a queda é moderada ou quando a pele dos seios não possui estrias, tecido das mamas muito pesado ou excesso de pele.

Qual o valor da cirurgia de sutiã interno?

O investimento em uma cirurgia de sutiã interno depende das especificidades de cada caso. Por isso, é essencial realizar uma avaliação médica com profissional capacitado. Nesta primeira visita ao consultório, os desejos da paciente, bem como características físicas, serão analisados a fim de trazer os melhores resultados possíveis.

Para saber qual o procedimento que mais se adequa ao seu estilo de vida, basta agendar uma avaliação com o Dr. Maurício Carvalho! Ele é especialista em cirurgias do contorno corporal e possui vasta experiência na área.

Vamos realizar o seu sonho?

Clique no botão abaixo e deixe a gente cuidar da sua autoestima.

Open chat