Fale com Dr. Maurício Carvalho no whatsapp
Subir ao topo da página

O lifting facial, ou ritidoplastia eleva e reposiciona os tecidos e a musculatura e é um dos procedimentos mais realizados no Brasil e no mundo.

O envelhecimento da face se dá por vários fatores, entre eles, a perda de gordura e flacidez dos tecidos. O lifting facial, ou ritidoplastia, eleva e reposiciona os tecidos e a musculatura. É um dos procedimentos mais realizados no Brasil e no mundo. Essa cirurgia tem o objetivo de rejuvenescer, eliminando rugas, flacidez e removendo o excesso de pele. O procedimento promove um levantamento do rosto, ameniza consideravelmente os vincos e resgata e aprimora os contornos faciais.
O lifting facial compreende as áreas do rosto em que os tecidos possam ser reacomodados aos seus lugares de origem: área frontal (nariz e testa), pálpebras, pescoço e mandíbula.
Existem vários tipos de lifting facial, cada um corrigindo uma determinada área da face. É importante lembrar que esse tipo de lifting não corrige as marcas do envelhecimento na testa ou ao redor dos olhos, nem trata as linhas finas ou as irregularidades de forma e textura da pele. O médico pode ajudá-lo a determinar o procedimento mais adequado e se um procedimento adicional, como blefaroplastia ou peeling, produziria um rejuvenescimento facial mais amplo.
A duração de um lifting facial é de aproximadamente três horas, dependendo da extensão do tratamento. Antes do início do procedimento, a área a ser tratada é limpa, e um anestésico será administrado. Normalmente, aplica-se anestesia geral, onde o paciente dorme durante a cirurgia. No entanto, é possível administrar anestesia local com sedação, onde o rosto e as áreas próximas ficam dormentes, e você, relaxado. Antes da incisão, o cabelo à volta é repartido e é aplicada uma pomada antisséptica, que ajuda a mantê-lo no lugar. Uma vez que a área da incisão fica exposta, as linhas de incisão são cuidadosamente desenhadas, de modo que as cicatrizes fiquem as mais escondidas possíveis.
No período pós-operatório, costuma-se recomendar cabeceira elevada e curativos. Alguns pontos costumam ser retirados após 5 dias, outros permanecem, podendo retomar atividades mais leves após 1 semana, sem esquecer da necessidade de proteção solar e ocular. Atividades físicas mais intensas costumam ser liberadas somente após 30 dias.
A ritidoplastia mesmo sendo o procedimento que mais causa rejuvenescimento, não é cirurgia para o resto da vida. A qualidade dos resultados sofre alterações contínuas ao longo dos anos. Alguns fatores como idade, variação do peso corporal, qualidade e textura da pele, influências hormonais, exposições prolongadas ao sol, estilo de vida, etc, interferem de forma incisiva na face.