Fale com Dr. Maurício Carvalho no whatsapp
Subir ao topo da página

A cirurgia pode aumentar o tamanho das mamas ou deixá-las simétricas, devolver seu volume ou reconstruí-las após perda total ou parcial. 

Com o decorrer do tempo e fatores como idade, genética, gravidez, alterações no peso, exposição ao sol e gravidade podem mudar o tamanho e a forma das mamas. Mulheres que tiveram alterações na forma de suas mamas podem obter mamas mais firmes e atraentes com a mamoplastia de aumento. Nesse tipo de procedimento, a prótese é colocada retroglandular ou retromuscular. A cirurgia pode aumentar o tamanho das mamas ou deixá-las simétricas, devolver seu volume ou reconstruí-las após perda total ou parcial. É importante lembrar que o implante mamário não consegue corrigir as mamas caídas. Nesses casos, geralmente é necessária uma mastopexia (retirada de pele e levantamento da mama), que pode ser realizada em conjunto com esse procedimento.
A colocação de implantes mamários de silicone é hoje a cirurgia estética mais realizada no Brasil e isso está diretamente relacionado ao elevado índice de entre pacientes que realizaram esta cirurgia. Na mamoplastia de aumento é feito um pequeno corte nos dois seios em torno da aréola ou na parte inferior da mama ou mesmo na axila por onde é introduzido o silicone que faz aumentar o volume do peito. A decisão do tamanho e formato da prótese dependerá de algumas variáveis, como o tamanho do tórax da paciente, sua altura, tamanho da mama e o quanto a paciente deseja aumentar.
A cirurgia dura em torno de 60-90 minutos e pode ser realizada com anestesia local + sedação, anestesia geral ou bloqueio peridural. O período de recuperação inicial dura em torno de 7-15 dias.Os resultados de uma mamoplastia de aumento são instantâneos e permanentes, correspondendo, por norma, aos resultados esperados – no entanto, o efeito visual definitivo normalmente acontece cerca de 6 meses após a intervenção cirúrgica. Quem faz uma mamoplastia de aumento precisa de fazer consultas regulares para vigiar os implantes e, seguir com a realização de exames de imagem e também é importante fazer o auto exame e solicitar o exame médico manual. Uma mamoplastia de aumento não interfere com subsequentes gravidezes nem com a fase de amamentação e também não induz formação de câncer de mama. As alterações de sensibilidade das mamas, geralmente temporárias podem ocorrer.